quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Botafogo vence e ameniza crise após goleada:

Um time tenso, inseguro, reflexo imediato da goleada sofrida para o Vasco por 6 a 0, no último fim de semana. Em meio a um clima de cobrança e intranquilidade, o Botafogo amenizou a crise: venceu o Tigres por 2 a 1, nesta quarta-feira, em São Januário, pela quarta rodada da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). Joel Santana, o novo técnico da equipe alvinegra, assistiu ao jogo de uma tribuna.
A torcida do Botafogo aproveitou o reencontro com o time para protestar. Pendurou faixas com os dizeres "Vergonha na cara" e pediu a saída de alguns jogadores - entre eles o meia Lúcio Flávio - e do dirigente Anderson Barros. Tudo por causa da goleada para o Vasco.


Na última segunda, a diretoria demitiu o técnico Estevam Soares e contratou Joel Santana, que estava desempregado desde que deixou a seleção da África do Sul em outubro de 2009. O treinador não quis estrear nesta quarta. Deixou Jair Ventura, filho de Jairzinho, ídolo do clube nos anos 60 e 70, dirigir o time.

O Botafogo não fez um bom jogo. Joel Santana terá muito trabalhar para ajeitar o time - principalmente o sistema defensivo. O clube alvinegro fez 1 a 0 no primeiro tempo, com o atacante Herrera, o destaque da equipe nesse início de temporada. Ele foi contratado por empréstimo ao Grêmio e tem agradado.

Na etapa final, o Botafogo ampliou - gol do zagueiro Antônio Carlos, de cabeça - mas complicou o jogo com a expulsão do volante Leandro Guerreiro. A partir daí, o Tigres aumentou a pressão, diminuiu a vantagem alvinegra - Oziel marcou belo gol de falta -, mas não conseguiu o empate.

OUTROS JOGOS - Pelo Grupo A, foram duas partidas: Volta Redonda 3 x 0 Boavista e Olaria 2 x 0 Bangu. Pelo Grupo B: Madureira 2 x 1 Friburguense e América 2 x 2 Resende.(AE)


Neymar dá show e Santos goleia o Barueri por 5 a 0:

Os erros nas finalizações ainda definem o Santos neste começo de temporada, mas a equipe conta com Neymar, que comandou a goleada por 5 a 0 sobre o Barueri na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

A equipe, que vinha de um empate e uma derrota nas duas últimas rodadas, se recupera e chega aos sete pontos, o que é suficiente para se manter na briga pelas primeiras colocações.

Já o Barueri, que nem casa ainda tem definida para a temporada, continua com apenas três pontos, correndo o risco de entrar na zona de descenso ao término da rodada da competição estadual.

PONTARIA

Assim como acontecera nos dois últimos jogos, o Santos dominou e criou inúmeras jogadas para, ao menos, fazer quatro gols, mas a inexperiência do ataque santista irritava os torcedores presentes, assim como dava status de estrela para o goleiro do Barueri, Marcio.

Aos sete, o estreante Marquinhos recebeu bom passe de André e chutou forte para a defesa do goleiro do Barueri, que, aos 9 e aos 12, nada pode fazer a não ser assistir aos chutes errados de Neymar e Ganso, respectivamente, sem marcação alguma.

Solto pela esquerda, Neymar infernizava o lateral Eder, vítima de dois chapéus no mesmo lance, e entrava na área adversária como queria. Aos 16, o jovem atacante ficou na cara do gol, mas preferiu chutar em cima do goleiro. O que voltaria a acontecer aos 22.

No mesmo ritmo de Neymar estava Ganso. Sem marcação individual, o santista trocava passes e desperdiçava chances com facilidade, sendo a principal delas aos 25, quando André o encontrou livre, pela direita. O meia, no entanto, optou pelo chute com a parte externa do pé direito, colocando a bola para fora.

Dos 20 chutes criados no primeiro tempo, pelo menos um deles foi gol. Aos 33, Léo - melhor fisicamente do que em 2009 - fez o que quis pela esquerda e chutou forte. A bola, como era de se esperar, ainda tocou na trave direita para caprichosamente ficar livre para a conclusão de André. (AE)

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Remo e Ananindeua: Melhores momentos

Segundo maior vencedor de Estaduais do país, Paysandu quer mais

Papão tem 43 títulos, mesmo número que o Bahia, perdendo apenas para o ABC-RN, com 50. Remo quer deixar tudo igual de novo no estado.
Em 2007 e 2008, o Remo correu atrás e alcançou. Mas em 2009, o Paysandu voltou a ficar na frente. Essa corrida é pelo número de títulos do Campeonato Paranense. Em 2010, o Papão quer mais é aumentar a vantagem novamente para cima do maior rival, mas o Leão Azul não deve deixar barato para o adversário.

O Paysandu tem 43 títulos, o que o coloca no posto de segundo maior vencedor de estaduais do Brasil, ao lado do Bahia. À frente dos dois, apenas o ABC-RN, com 50, se destaca. O Remo tem 42. Mas variedade de campeões é coisa rara no Pará. apenas Tuna Luso e União Esportivo (este em 1908 e 1910) se sagraram vencedores. O Tuna Luso já venceu dez vezes.


Times se reforçam para o Estadual

Nas decisões dos últimos quatro anos, entretanto, não predominou a hegemonia dos dois gigantes do Norte. Em 2006, Ananindeua; em 2007, Tuna Luso; em 2008, Águia de Marabá; e em 2009, São Raimundo foram os vice-campeões. Nunca um clube de fora da capital Belém venceu o Estadual.

O clube de maior torcida da região norte do país, o Remo, se reforçou bem no ataque. A diretoria anunciou Marciano, artilheiro do Campeonato Brasileiro da Série C em 2009 pelo Icasa-CE – time que conquistou o acesso à Série B. Já o Paysandu contratou alguns nomes conhecidos, como o goleiro Alexandre Favaro, o zagueiro Rogério Corrêa e o volante Sandro Goiano, que disputou o último Brasileirão da Série A pelo Sport.

Este ano, o Paranense terá uma estreia. É o Cametá, clube que se classificou depois de uma confusão envolvendo o Tuna Luso, que acusa o time de ter chegado à disputa do Estadual apenas por ter sido convidado. O Cametá, que não tem nada com isso, estreia no sábado, contra o Águia.


Regulamento

O Campeonato Paraense já está sendo disputado desde o dia 21 de novembro. A partir desta data, dez clubes buscavam quatro vagas para a segunda fase, que já tinha outros quatro clubes pré-classificados: Remo, Paysandu, Águia de Marabá e São Raimundo. Os que entraram para a disputa agora são Ananindeua, Cametá, Independente e Santa Rosa.

A partir deste sábado, as oito equipes disputam dois turnos independentes. O primeiro é denominado Taça Cidade de Belém. O segundo, Taça Estado do Pará. Os quatro melhores colocados de cada turno classificam-se às semifinais (1º contra 4º, 2º contra 3º), disputada em apenas uma partida. Nas semifinais, os times de melhor campanha levam a vantagem de jogar por um empate no jogo único. Nas finais de turnos, o time de melhor campanha joga por empate e saldo de gols.

A decisão do campeonato sairá através do cruzamento do campeão do primeiro turno com o campeão do segundo, sem vantagem para qualquer um deles. Se houver empate em todos os critérios, o vencedor será conhecido através de disputa por pênaltis. Caso um mesmo clube vença os dois turnos, este será declarado campeão e ganhará o Estadual 2010.

PRIMEIRA RODADA - HORÁRIO DE BRASÍLIA
SÁBADO (16/01)
17h Remo x Ananindeua Baenão
20h Águia x Cametá Rosenão
DOMINGO (17/01)
17h Paysandu x Independente-PA Curuzú
18h São Raimundo-PA x Santa Rosa Colosso do Tapajós

O CLÁSSICO
07/02 Paysandu x Remo Mangueirão

Todos os campeões

Confira o time, o número de títulos e os anos em que foram conquistados

Paysandu: 43 títulos 1920, 1921, 1922, 1923, 1927, 1928, 1929, 1931, 1932, 1934, 1939, 1942, 1943, 1944, 1945, 1947, 1956, 1957, 1959, 1961, 1962, 1963, 1965, 1966, 1967, 1969, 1971, 1972, 1976, 1980, 1981, 1982, 1984, 1985, 1987, 1992, 1998, 2000, 2001, 2002, 2005, 2006 e 2009

Remo: 42 títulos
1913, 1914, 1915, 1916, 1917, 1918, 1919, 1924, 1925, 1926, 1930, 1933, 1936, 1940, 1949, 1950, 1952, 1953, 1954, 1960, 1964, 1968, 1973, 1974, 1975, 1977, 1978, 1979, 1986, 1989, 1990, 1991, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997, 1999, 2003. 2004, 2007 e 2008

Tuna Luso: 10 títulos 1937, 1938, 1941, 1948, 1951, 1955, 1958, 1970, 1983 e 1988

União Esportivo: 2 títulos 1908 e 1910

Ronaldo e Roberto Carlos retomam parceria

Ronaldo e Roberto Carlos estão juntos de novo. Três anos e um mês depois de atuarem pelo Real Madrid pela última vez como companheiros, os dois campeões mundiais pela seleção reeditam a parceria pelo Corinthians em noite de muitas estreias. O duelo diante do Bragantino, às 21h50 desta quarta-feira, no Pacaembu, será o primeiro de Roberto Carlos com a camisa alvinegra e o primeiro de Ronaldo e Jorge Henrique nesta temporada.

A expectativa é grande. E nem poderia ser diferente. Ronaldo é a grande esperança de gols do Corinthians e o principal jogador do elenco. Roberto Carlos foi o maior reforço de 2010. Sozinhos, eles já atraem milhares de torcedores, patrocinadores e costumam render bons resultados. Juntos, veem o otimismo se multiplicar.

“O fato de voltar a jogar com o Roberto é uma alegria enorme. Ele é um grande amigo e temos uma história longa, sem contar o fator mais importante, que é a qualidade que ele tem técnica e fisicamente. Sua contratação será um grande êxito”, apostou o camisa 9, responsável por indicar o amigo para diretoria e comissão técnica.

Ronaldo e Roberto Carlos não atuam juntos profissionalmente há mais de três anos. A última vez foi no dia 20 de dezembro de 2006, pelo Real Madrid. Eles perderam por 3 a 0 para o Recreativo Huelva pelo Campeonato Espanhol. Nesse jogo, o atacante não conseguiu estufar as redes e foi substituído aos 20min do segundo tempo por Reyes.

Dias depois, o lateral-esquerdo se machucou e viu o compatriota Marcelo estrear em seu lugar no Real. Ronaldo, por sua vez, acertou sua transferência para o Milan em janeiro de 2007. Os fatos marcaram o fim momentâneo da parceria, que agora recomeça pelo Corinthians.

“Sempre é especial. Desde que o Ronaldo saiu do Cruzeiro [em 1994] e passamos a conviver na seleção, vi toda a carreira dele. Devo muito a ele. Mesmo quando estávamos em clubes diferentes, conversávamos todo dia trocando opiniões por telefone. Estou muito orgulhoso de jogar no Corinthians com um dos meus melhores amigos”, comemorou Roberto Carlos.

As duas estrelas, no entanto, sabem que só os nomes famosos não bastarão para satisfazer a torcida, principalmente no ano do centenário. A Libertadores é a prioridade e ninguém no clube esconde, mas após o empate na estreia do Paulista (1 a 1 com o Monte Azul), o Corinthians já se vê pressionado a vencer a primeira em casa (já foram vendidos 19,5 mil ingressos para o jogo).

Por esse motivo e observando a evolução física de seus comandados, Mano Menezes também promoverá as entradas de Elias e Jorge Henrique. O primeiro foi reserva no amistoso diante do Huracán. O atacante ainda não entrou em campo. Tcheco e Iarley, que estrearam no último domingo, foram mantidos.

“As coisas começaram a caminhar da forma como a gente precisa. Tudo requer um certo tempo, mas vai dar tudo certo”, projetou o treinador.

Pelos lados do Bragantino, Marcelo Veiga também não fez mistério e usará o mesmo time que goleou o Oeste por 4 a 0 na primeira rodada. Ala-direito, Diego Macedo está atento à missão de tentar anular Roberto Carlos. “Ele é certamente um dos maiores da história na lateral esquerda e vai exigir muita atenção e marcação”, admitiu.

CORINTHIANS X BRAGANTINO

Data: 20/01/2010, quarta-feira
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Cleber Wellington Abade (SP)
Auxiliares: Anderson Coelho (SP) e Luis Nilsen (SP)

Corinthians
Felipe; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Elias, Tcheco e Jorge Henrique; Iarley e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes

Bragantino
Gilvan; Maurício, Marcelo Godri e Da Silva; Diego Macedo, Francis, Rodriguinho, Paulinho e Esquerdinha; Lúcio e Frontini
Técnico: Marcelo Veiga


Venda de C. Ronaldo ameniza rombo

O Manchester United duela com o Real Madrid entre as equipes que mais faturam no planeta, mas o time inglês convive com um outro lado preocupante. A dívida do Manchester aumentou nestes últimos seis meses, atingindo a marca estratosférica de R$ 2 bilhões, 20 vezes mais do que o Corinthians, por exemplo, afirma ter de dívida.

Foram analisados ganhos e gastos a partir de junho de 2009. Houve um aumento de 19,6 milhões de euros (cerca de R$ 50 milhões) em relação ao exercício anterior.

Os dados foram divulgados pela Red Football Joint Venture, companhia controlada pela família Glazer, proprietária do Manchester United.

A negociação do português Cristiano Ronaldo para o Real Madrid por 131 milhões de euros (R$ 330 milhões) deu certo alívio aos caixas do time inglês.

No entanto, os juros dos bancos têm causado enormes cicatrizes na saúde financeira do Manchester. Os atuais proprietários do clube recorreram a bancos para comprar a equipe, em 2005. A dívida com bancos chega a quase 600 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão), tendo acréscimo de 233 milhões de euros (R$ 588 milhões) somente em juros.

As contas no vermelho fizeram o Manchester reduzir gastos em contratações. Após a saída do astro Cristiano Ronaldo, o clube adquiriu jogadores sem a mesma expressão do português. Chegaram o equatoriano Antonio Valencia, o francês Gabriel Obertan e o inglês Michael Owen.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Quarentões realiza seu RE x PA.

Marcando a pré-inauguração da nova arena de futebol, construída na Universidade Federal Rural da Amazônia, o clube dos 40, realizou neste domingo 17/01, o seu Re x PA, que acabou empatado em 6 x 6, tendo como um dos principais artilheiros o professor Salin, vice diretor da Escola Estadual Brigadeiro Fontenelle.
Confira as fotos.






Clube dos quarentões, constrói arena na UFRA

Após ter o contrato com a reitoria da UFRA, a direção do clube dos Quarentões, deu início a construção de sua arena de jogos.












Confraternização de 2009 dos Quarentões...










sábado, 16 de janeiro de 2010

Download da semana:




Idioma: Português
Mídia: Dvd


Dados Do Jogo

Nome:
WE: Bomba Patch 6
Fabricante:
Konami
Estilo:
Futebol
Sistema Operacional:
PS2
Ano de Lançamento:
2009

Sinopse/Descrição

Totalmente atualizado!
A atualização foi feita até 08 de Junho de 2009...
Se você é fã de futebol, gosta de uma pelada, não fique sem jogar Winning Eleven!!! E ainda super atualizado...O único WE 10 realmente atualizado que alguém pode encontrar por toda internet.

Novos Gritos de torcida.
Novas chuteiras.
Todas as contratações para 2009, os jogadores contratados já estão inclusos!!!
Narração Galvão Bueno.

Gráficos receberam um novo tratamento, a torcida não é mais um borrão, e os jogadores realmente são parecidos com suas contrapartes no mundo real! É incrível a semelhança de jogadores como Ronaldinho e Cristiano Ronaldo! A movimentação deles também está muito mais solta e realista, principalmente quando um jogador mais habilidoso demonstra um drible mais complexo, sendo possível ver todos os movimentos utilizados para a execução do drible! O som também não fica devendo! Gritos e cantos de cada torcida simplesmente empolgam quem joga! As canções mais famosas de cada time podem ser facilmente ouvidas, especialmente se você estiver controlando o time da casa, Seleção Brasileira Atualizada.

Adriano e Petkovit no Flamengo para 2009.
Fluminense com Fred e Uniformes novos.
Vasco com uniforme Champs.
Palmeiras e Corintians com seus uniformes atualizados.
Publicidades em volta do campo renovadas.

Informações

Tamanho:
945 Mb
Formato:
Nrg
Qualidade dos Gráficos:
10
Nivel de Jogabilidade:
10
Número de Mídias:
1 DVD
Idioma:
Português

Download

Megaupload 01ONMegaupload 02ONMegaupload 03ONMegaupload 04ONMegaupload 05ONMegaupload 06ONMegaupload 07ONMegaupload 08ONMegaupload 09ONMegaupload 10ON

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Fotos dos Quarentões:





RExPA dos Quarentões:

O RExPA dos Quarentões será realizado neste domingo 17/01, na arena dos quarentões da UFRA.
Hora: 09 da manhã.
Cota: R$ 10,00 - direito a churrasco e cerveja.

Obs: Sábado teremos a pelada normal....

A direção!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Abertura...

Convidamos a todos os torcedores e associados para tornarem-se seguidos do blog dos quarentões....